Seu browser não suporta JavaScript!

13/02/2014 | Portal do PSDB na Câmara

'Absurdo ainda presenciarmos situações de preconceito e racismo'

Tucanos prestam solidariedade a jogador do Cruzeiro vítima de racismo no Peru

Parlamentares do PSDB usaram as redes sociais para repudiar o episódio de racismo ocorrido durante a partida do Cruzeiro contra o Real Garcilaso, na noite de ontem, no Peru. Os tucanos manifestaram solidariedade ao volante Tinga, alvo de torcedores do clube peruano.

“Absurdo ainda presenciarmos situações de preconceito e racismo. Somos todos iguais e merecedores de respeito”, escreveu o deputado Otavio Leite (RJ). “O meu abraço e a minha solidariedade ao Tinga”, destacou o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves. O tucano classificou o episódio de “inconcebível”. “Que a indignação das pessoas de bem contra o preconceito nos ajude na construção de um mundo mais justo e humano”, apontou.

“Eu trocaria todos os meu títulos pelo fim do preconceito. Trocaria por um mundo com igualdade entre todas as raças e classes”, desabafou o volante, que tem em seu currículo dois títulos da Libertadores (2006 e 2010), um do Campeonato Brasileiro (2013), dois da Copa do Brasil (1997 e 2001), dentre diversas outras conquistas. Durante a partida, torcedores do Garcilaso imitaram os sons de um macaco quando ele pegava na bola.

Tinga destacou os recorrentes atos de racismo que vem tomando destaque na Europa e lamentou que atitudes lamentáveis como essas venham reverberar também na América Latina, onde a miscigenação é ainda mais intensa. “Joguei alguns anos na Europa onde se fala muito de racismo e nunca aconteceu isso comigo. De repente, em um país tão próximo, tão parecido com a gente pela mistura, acontece uma coisa dessa”, lamentou.