Seu browser não suporta JavaScript!

20/07/2014 | Site PSDB

Aécio Neves acompanha homenagens a Padre Cícero em Juazeiro do Norte

O candidato da coligação Muda Brasil à Presidência da República, Aécio Neves, assistiu na manhã deste domingo (20/7), em Juazeiro do Norte (CE), à missa pelos 80 anos da morte do Padre Cícero. A cerimônia aconteceu na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e faz parte das homenagens ao religioso, um dos principais símbolos da fé no Nordeste. Cerca de 20 mil romeiros chegaram à cidade cearense neste fim de semana para participar das festividades.

“Venho aqui para renovar minha fé e minha crença nos valores da família e nos valores cristãos, acreditando que o Brasil pode ser governado com ética e com decência”, disse Aécio em conversa com jornalistas. Ele estava acompanhado do ex-governador do Ceará Tasso Jereissati, candidato a senador pelo PSDB, e do prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Antônio de Macêdo (PMDB), conhecido como Raimundão.

A missa foi celebrada por dom Fernando Panico, bispo da Arquidiocese da região, e reuniu desde o início da manhã uma multidão na praça onde está localizada a igreja. Sob um sol forte desde as 6h, quando foi iniciada a cerimônia no palco montado em frente ao templo, os fiéis acompanharam emocionados a homenagem. Aécio foi bastante saudado pelos devotos com abraços e pedidos de cumprimentos e fotos. Depois da missa, ele cumprimentou dom Fernando Panico e visitou o túmulo de Padre Cícero, localizado junto ao altar da igreja, onde depositou flores.

Em seguida, Aécio se dirigiu à Colina do Horto, ponto mais alto da cidade, onde está localizada a estátua de Padre Cícero. Acompanhado de aliados e de devotos, ele seguiu a tradição do local e escreveu seu nome na base da estátua, seguido dos nomes dos três filhos (Gabriela, Bernardo e Julia). Aécio também cumpriu o ritual de dar três voltas passando por baixo do cajado da estátua.

Mais saúde

Em entrevista em Juazeiro do Norte, Aécio reafirmou sua intenção de manter e aprimorar programas sociais que estão dando certo, como o Mais Médicos e o Bolsa Família. Sobre o Mais Médicos, ele disse que a iniciativa tem que ser aperfeiçoada, mas defendeu que a área de saúde necessita de outros investimentos e ações. “O Brasil precisa de mais saúde, não só de mais médicos”.

Durante a entrevista, Aécio foi questionado sobre a informação de que a candidata do PT, Dilma Rousseff, vai priorizar as aparições na TV durante a campanha eleitoral, evitando o corpo a corpo das ruas. “Eu vou fazer o esforço que vocês estão vendo, saindo às ruas, conversando com as pessoas. Esse distanciamento da presidente das ruas e do povo, talvez como consequência desse sentimento por mudança, certamente não fará bem. Mas tenho que respeitar”, afirmou Aécio Neves.