Seu browser não suporta JavaScript!

08/08/2006 | Jornal O Estado de São Paulo

Alckmin vincula atentado a eleição

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, insinuou ontem que o Primeiro Comando da Capital (PCC) pode ter objetivos políticos e eleitorais para promover novos ataques contra policiais, ônibus e outros alvos em são Paulo. Para ele, há intenção de influenciar as eleições de outubro. O ex-governador afirmou que não há lógica em ladrões, normalmente interessados apenas em lucro fácil, atacarem policiais. (...)

Máscara

Alckmin foi recebido no Rio pelo vice-prefeito Otavio Leite (PSDB), acompanhado de um cabo eleitoral usando uma máscara com o rosto do ex-governador. O ambiente foi de discrição: após a entrevista, Alckmin foi para o Hotel Everest, em Ipanema, descansar um pouco antes de seguir para a sede da Rede globo, no Jardim Botânico. Não havia movimentação de militantes na porta do hotel.