Seu browser não suporta JavaScript!

17/09/2003 | Jornal Prisma

Alerj aprova tombamento de Camping no Recreio

De acordo com a Lei nº 3.622/2003, de autoria do ex- vereador e atual deputado Otavio Leite (PSDB) a Assembléia Legislativa do estado do Rio de Janeiro (Alerj) tombou o Camping do Recreio dos Bandeirantes, na Estrada do Pontal. O local é uma das principais áreas verdes do Recreio e, a partir de agora, ganha proteção definitiva.

Com cerca de cem mil metros quadrados de área plana, o camping tem entre seus limites o Morro do Rangel, totalizando 244 mil metros quadrados de vegetação típica de Mata Atlântica.

De acordo com o parlamentar, o tombamento vai evitar que o camping se torne alvo da expansão imobiliária que já alcançou o Recreio, como aconteceu com o camping localizado na Avenida Sernambetiba e que, hoje, deu lugar a um hotel (Sheraton Barra) - Além de se livrar o camping da sanha de empreendedores, é importante para uma cidade turística manter uma área destinada a essa atividade - acrescentou.

Uma vez aprovado o registro do camping no Conselho Municipal do Patrimônio Cultural, a área permanecerá intocada e terá apoio da Fundação Parques e Jardins.

A unidade do Recreio é a mais movimentada das 39 áreas de acampamento que compõem o Camping Club do Brasil em todo o país. depois de alguns anos de declínio, o fluxo de visitantes voltou a aumentar: o camping registra em média 150 mil pernoites por ano, quase um terço deles no verão.

No carnaval de 2002, quatro mil pessoas instalaram trailers e barracas por lá.