Seu browser não suporta JavaScript!

01/07/2011 | Agência Câmara

Audiência discutirá consumo de bebidas alcoólicas na gravidez

A Comissão Especial sobre Bebidas Alcoólicas realizará audiência pública, em data a ser definida, para discutir o consumo de bebidas alcoólicas durante a gravidez. O debate foi proposto pelo relator da comissão, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), e pelo deputado Otavio Leite (PSDB-RJ). Eles ressaltam que o consumo de álcool em excesso durante a gravidez triplica o risco de aborto, além de aumentar a possibilidade de alterações no feto.

“A melhor estratégia para tratar o problema passa pela educação, conscientização, informação e tratamento”, diz Macris.

Síndrome Alcoólica Fetal

Os parlamentares destacam que, segundo relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), 2,2 bebês a cada mil nascimentos apresentam a Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), chegando-se ao registro de mais de 12 mil casos por ano, em todo o mundo.

Dentre os sintomas da síndrome estão alterações cognitivas e comportamentais, atraso mental, peso e estatura abaixo da média, má formação dos ossos e de órgãos como coração e rim, além de alterações faciais – nariz curto e lábios superiores finos.

Convidados

Serão convidados para a reunião o médico neurologista José Mauro Braz de Lima, diretor do Hospital Escola São Francisco de Assis; e o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargador Manoel Alberto Rebelo dos Santos.