Seu browser não suporta JavaScript!

05/09/2003 | Jornal do Brasil Online

Audiência pública analisa dados referentes às obras do emissário

Começou há pouco, na sala 311, do Palácio Tiradentes, a audiência pública que está sendo promovida pela Comissão Pró-Emissário da Alerj com as presenças de técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e representantes das empresas que integram o consórcio responsável pela execução das obras de saneamento da Barra da Tijuca, Baixada de Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes.

O deputado Otavio Leite (PSDB) - Presidente da Comissão Pró-Emissário - após o relato do último balanço da execução da obra, vai ouvir primeiramente o Tribunal de Contas do Estado para que seus técnicos apresentem um relatório detalhado da mais recente inspeção feita aos canteiros de obras.

"Para nós o parecer do TCE é imprescindível pois o órgão atua como um auxiliar do Legislativo ", esclarece o parlamentar.

Em segundo lugar, serão chamados para os depoimentos os representantes de cada uma das empresas que integram o consórcio construtor.

Otavio Leite também vai querer saber se a empresa concordatária Ivaí, que pertencia ao consórcio responsável por um dos lotes do empreendimento - o emissário submarino, a estação de tratamento e a rede coletora de esgotos de Jacarepaguá - já foi substituída por outra empresa.

Ao final, o Presidente da Comissão Pró-Emissário, Otavio Leite, vai ter subsídios para avaliar o cronograma das obras através da comparação dos dados e informações fornecidos pelas duas partes.

05/09/2003, às 11h30m