Seu browser não suporta JavaScript!

11/06/2013 | Portal do PSDB na Câmara

'Ausência de construtores do Minha Casa, Minha Vida aumenta suspeitas'

Para deputados, ausência de construtores do Minha Casa, Minha Vida aumenta suspeitas

Por Artur Filho

O presidente da Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado, Otavio Leite (RJ), e o deputado Vanderlei Macris (SP) disseram nesta terça-feira (11) que a ausência de parlamentares da base governista e de empresários responsáveis pela construção de residências do Minha Casa, Minha Vida pode ser vista como confissão de culpa. Representantes da KL Construções Rubens Amaral, da RCA Assessoria e da Terra Nova Engenharia iriam à reunião falar sobre as suspeitas de irregularidades denunciadas pela imprensa.

Nesta quarta-feira, Leite quer colocar em votação um requerimento convidando os empresários para que prestem esclarecimentos sobre as denúncias. Para o tucano, o ideal seria instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Minha Casa, Minha Vida. “Nós não temos dúvidas de que estamos diante de uma rede que se implantou no Ministério das Cidades para praticar o crime organizado. No linguajar popular fala-se muito que nesse mato tem cachorro. Eu não tenho sombra de dúvidas que nesse mato não tem cachorro. Nesse mato tem matilha”, acusou.

Reportagem do jornal “O Globo” apontou a cobrança de propina para que construtoras pudessem entrar no programa. “Não podemos nos furtar de exercer o papel de contribuir com o país para que se desvende uma rede mafiosa que estabeleceu uma trama que está roubando dinheiro público, cuja finalidade é a construção de casas populares para os pobres brasileiros”, afirmou.

Vanderlei Macris disse que a ausência dos convidados era esperada pela oposição. “Era previsível que não comparecessem mesmo porque teriam medo de enfrentar os parlamentares. Não teriam como explicar e, mais do que isso, precisariam se apresentar perante a sociedade como empresas que participam dessa trama para roubar dinheiro público da construção de casas populares”, ressaltou.

Otavio Leite informou que vai convidar representantes das empresas Artifício, Setorial, Sigma, Marqueplan, DJC/Naja Engenharia, LL Engenharia e o escritório de advocacia Trajano Silva para que deem explicações sobre o Minha Casa, Minha Vida. O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, estará na comissão no próximo dia 19.

Foto: Alexssandro Loyola