Seu browser não suporta JavaScript!

27/09/2010 | Jornal da Cidade (SE)

Autorretrato com...Otavio Leite

O deputado federal e líder da Minoria no Congresso, Otavio Leite, 49 anos, sergipano de Aracaju, é afilhado de batismo do ex-presidente Juscelino Kubitschek. Ele foi criado no Rio por seu avô - o senador Júlio Leite - e é casado com a pedagoga Ângela e tem dois filhos, Fernando e Otavio. Otavio Leite é professor universitário licenciado e especialista em Políticas Públicas pela UFRJ. Estudou no Colégio Andrews de onde saiu para formar-se bacharel em Direito pela UERJ. Ainda na UERJ, presidiu o histórico Diretório Acadêmico Luiz Carpenter. Com uma trajetória de compromisso público com o seu País, Otavio também é ex vice-prefeito carioca, deputado estadual e vereador, é autor de mais de 120 de leis em vigor no Brasil (federal, estadual e municipal). Ele ocupa o primeiro lugar na lista dos deputados fluminenses que mais apresentaram projetos de lei nesta legislatura. Entre as suas principais lutas destacam-se a incansável defesa dos direitos das pessoas com deficiência e o empenho no desenvolvimento da indústria do turismo, com a consequente geração de emprego e renda. Em Brasília, teve participação destacada em prol da ratificação da Convenção internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e da sanção da Lei Geral do Turismo. Otavio Leite é o autor da alteração na lei eleitoral que obrigou os partidos políticos, no registro de candidatos no TSE, a apresentar suas promessas de campanha. Atua como relator da Comissão Especial dos Centros de Inclusão Digital, que vai regulamentar as “lan houses” e criar parcerias delas com a Administração Pública para fins pedagógicos. É de sua iniciativa a PEC da Música - que barateia os preços dos CDs e DVDs - e foi o co-autor da criação da CPI do Apagão Aéreo. Participou como membro da PEC da Reforma Tributária e articulou a aprovação dos projetos que autorizam os tribunais de Justiça a recorrerem a videoconferências para ouvir presos sem precisar tirá-los dos presídios. Leite defende também uma solução justa para o prejuízo que o Estado do Rio de Janeiro e seus municípios poderão sofrer com a queda nos valores dos royalties distribuídos aos estados produtores de petróleo. Por email fizemos o Auto-retrato com esse sergipano de boa cepa, filho de Fernando Leite e Violeta Santos Silva Leite. Vamos saber sobre a sua personalidade.

Momento preferido do dia: Ao retornar para casa

Um motivo de orgulho? Ter construído um bom e digno conceito

Trilha sonora da sua vida: Star away to haven (Led Zeppelin ) e Oração ao Tempo (Caetano )

Um talento doméstico: Palpites estéticos/decorativos (nem sempre acolhidos)

Qual é a primeira coisa que pensa ao acordar? Agradecer a Deus e pedir forças para seguir a estrada...

O que mais aprecia em seus amigos? A compreensão pela minha assiduidade precária

Uma mania: " Ver para Crer "

O que precisa melhorar na sua cidade? Os transportes públicos de massa

Em que momento do dia é mais feliz? Ao deitar

Por que motivo chorou a última vez? Ao assistir uma apresentação de crianças com deficiência

E por que motivo sorriu? Ao perceber que, no fundo, esperança existe

Uma ambição profissional: Não me prendo a uma específica, mas, diria... prosseguir na vida pública

Quem você gostaria de ser se não fosse você mesmo? Um músico

E onde gostaria de viver? Onde vivo, mas não descartamos a ideia de, mais adiante, ir parar na Atalaia...

Última vez que gritou: Indignado, diante de uma prepotência

Uma culinária que faz bem ao paladar: Cordeiro com risoto

Você tem medo de quê? Dos perigos do trânsito

Um cheiro: O perfume Jazz Live

Gasta muito com: Minhas estripulias se limitam a restaurante (sem radicalizar no vinho)

Que sugestão daria ao governador do Rio de Janeiro? A juventude tem direito ao ensino de qualidade

Qual a sua ideia de um domingo perfeito? Em casa, com minha mulher e filhos (Fernando, 18, e Otavio, 14)

Uma lembrança da infância: Férias em Aju

Uma palavra: Autonomia

Qual o seu bem mais precioso? Minha família

Um hábito do qual não abre mão: Fazer sauna e massagem (shiatsu)

Um hábito de que você quer se livrar? Da prisão do telefone

Um gosto inusitado: Apreciar vanguardas

Qual o projeto que gostaria de ver aprovado na Câmara? Reformas tributária e política

O que não come de jeito nenhum: Fígado

Um elogio inesquecível: Quando vem de um ex-professor

Um livro insubstituível: “Por que construir Brasília? JK”

Que dom gostaria de ter? Tocar um instrumento musical

Um filme que sempre quer rever: "Corra que a polícia vem aí, n.1 "

Que pecado comete com mais frequência? A gula

Principal qualidade em um homem: Ser solidário e justo

Um arrependimento: Não dominar o inglês

Principal qualidade em uma mulher: Qualquer uma das da minha mulher

Em que situação vale a pena mentir? Nenhuma

Um lugar inesquecível? Morro de São Paulo, há 20 anos. Pergunte a minha mulher

Em que situação você perde a elegância? Diante de uma prepotência

Traição é perdoável? Não!

O que você faria se não fosse proibido? Estacionaria o meu carro na frente do Maracanã sem ser rebocado

Qual a sua maior realização? O conjunto de Leis em prol das pessoas com deficiência

Um sonho de consumo a realizar? Uma viagem a Escandinávia

Uma frase: "Quem acredita sempre alcança"