Seu browser não suporta JavaScript!

18/10/2001 | Jornal O Globo

Cães podem ter espaços em parques

Os cachorros podem vir a ganhar espaços especiais nos parques da cidade. A idéia da vereadora Leila do Flamengo (PFL) foi uma das poucas que conquistou o consenso, ontem, na segunda reunião realizada na Câmara dos Vereadores. Os parlamentares discutem um projeto de lei que normatize a posse e a condução de cães potencialmente agressivos, entre eles o pitbull.

O vereador Otavio Leite (PSDB) sugeriu que parte do Cebolão da Barra se transforme em local de adestramento e lazer de cães, como existe em São Paulo. Ele, no entanto, alertou não ser possível criar locais como este em todos os bairros da cidade. Em contrapartida, Otávio defendeu que seja proibida a circulação de pitbulls na orla aos domingos.

Otávio, Leila e Cláudio Cavalcanti (PTB) tentaram, mais uma vez sem sucesso, chegar a um acordo sobre o uso da focinheira. O máximo que conseguiram foi estabelecer que os cães potencialmente agressivos só circularão nas ruas entre 22h e 7h.

— Já abri mão de tudo. Mas não vou deixar de ser contra a focinheira — disse Cláudio Cavalcanti.

Hoje, os vereadores se reunirão com vítimas dos cães e com veterinários da prefeitura para continuar os debates.