Seu browser não suporta JavaScript!

09/09/2013 | Agência Câmara

Câmara analisa proposta que define uma política pública para combater a violência contra os professores

Por Karla Alessandra, repórter da Rádio Câmara.

Karla Alessandra: Proposta que estabelece a Política de Prevenção à Violência contra os Profissionais do Magistério Público e Privado está sendo analisada pela Câmara. A proposta tem por objetivo coibir a crescente violência verificada contra professores em todo o país. Pelo projeto, serão realizadas campanhas de conscientização nas escolas e para a comunidade. E os professores que forem ameaçados poderão ser afastados de suas atividades, sem a suspensão do recebimento dos salários.

Ainda pela proposta, os alunos agressores serão suspensos ou transferidos para outros estabelecimentos de ensino. O projeto já foi aprovado na Comissão de Segurança Pública. O relator na comissão, deputado Otavio Leite, do PSDB do Rio de Janeiro, apresentou substitutivo que incluiu a criação de um serviço telefônico para receber denúncias anônimas de casos de violência nas escolas.

Otavio Leite: Diante de tantos desvios que a gente observa e que desaguam em violência contra os professores a proposta é absolutamente adequada. Se criar uma Política Nacional que previna violência contra professor.

Karla Alessandra: A proposta que estabelece a política de prevenção à violência contra professores ainda vai ser analisada pelas Comissões de Educação; de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça. Depois a proposta ainda deve ser analisada em Plenário.