Seu browser não suporta JavaScript!

30/07/2004 | Jornal do Commercio

Cesar teoriza sobre ´taxa de agressão´

O prefeito Cesar Maia usou mais uma vez de ironia ao responder aos ataques de Garotinho. Depois de citar novamente sua teoria da ´Lei de Newton Eleitoral´, em que afirma ser a taxa de agressão diretamente proporcional ao distanciamento que mantém sobre os adversários nas pesquisas, disse que ´os cães ladram e a caravana passa´, parodiando o famoso colunista Ibraim Sued, já falecido. Segundo Cesar, os adversários, que começaram a campanha ´com o pé no acelerador´, estão perdendo o fôlego.

O prefeito e seu vice, Otavio Leite (PSDB), reuniram-se ontem, no Copacabana Palace, com empresários e profissionais do setor de turismo. No encontro, recebeu propostas para aquecer o setor, como investimentos em infra-estrutura. Ele lembrou que o funcionamento da Cidade do Samba durante o ano todo ajudará a atrair mais turistas, e ainda citou, como fortes atrativos, o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas e os Jogos Pan-americanos de 2007.

O candidato do PT, Jorge Bittar, afirmou, durante corpo a corpo no Centro, que, eleito, pretende extinguir a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) e transformar o órgão em agência de regulamentação e fiscalização.

O petista disse estar preocupado com a máfia que domina a SMTU, ´um órgão verdadeiramente do mal´. Bittar desafiou o prefeito a dar explicações sobre as denúncias de corrupção e sobre as investigações que a Polícia Federal (PF) está fazendo na SMTU.