Seu browser não suporta JavaScript!

17/08/2010 | Portal do Comércio

CNC participa da 52ª edição do Conotel

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, participou da abertura da 52ª edição do Congresso Nacional de Hotelaria (Conotel), realizada no dia 17 de agosto, no Rio de Janeiro. O evento, que tem como tema "Brasil, a bola da vez" e foco na sustentabilidade da hotelaria brasileira, se encerra no dia 19 e está sendo realizado em paralelo à 1ª Fispal Hotel Rio de Janeiro, feira de negócios para o setor hoteleiro.

Além do ministro, participaram do evento o senador Francisco Dornelles, o deputado Otavio Leite, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, a secretária estadual de Turismo, Marcia Beatriz Isidoro, representando o governador, Sérgio Cabral, e diversos líderes de entidades do setor, como os presidentes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Álvaro Bezerra de Mello, da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (FNHRBS), Alexandre Sampaio, da Resorts Brasil, Rubens Regis, e do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, Rafael Guaspary, entre outros. O empresário Bruno Breithaupt, presidente da Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina, representou o presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Antonio Oliveira Santos. Da CNC, também participaram o presidente do Conselho de Turismo (CTur) da entidade, Oswaldo Trigueiros, e seu vice-presidente, Eraldo Alves da Cruz. Angela Torres e Arthur Bosísio representaram os diretores-gerais dos Departamentos Nacionais do SESC e do Senac.

"O Brasil já está em evidência no cenário internacional desde o fim da copa da África do Sul, e o sucesso do nosso país em 2014 dependerá do que for feito agora", afirmou o presidente da ABIH, Álvaro Bezerra de Mello, que homenageou o empresário Alexandre Sampaio, recém-eleito presidente da FNHRBS, e o ministro Luiz Barretto por seus trabalhos em defesa do desenvolvimento da atividade turística no Brasil.

Na parte da tarde, o economista da FGV Carlos Langoni, ex-presidente do Banco Central, proferiu uma palestra sobre o cenário atual e os rumos futuros da economia brasileira. Ele participou do painel "O Brasil é a bola da vez - Sustentabilidade Negocial da Hotelaria Brasileira", e afirmou que o fato de o país ter saído tão rapidamente da crise mundial deflagrada no final de 2008, e que se estendeu por todo o ano de 2009, era o que faltava para comprovar o sucesso da política macroeconômica brasileira. "Passamos no que chamo de "teste de estresse" com louvor: não houve fuga de capitais ou explosão inflacionária", afirmou, acrescentando que a autonomia do Banco Central foi fundamental para minimizar os impactos da crise, e que, atualmente, o desempenho da economia brasileira está alavancado no mercado interno. Langoni tranquilizou os empresários que participaram de sua palestra: "Este crescimento econômico está longe de ser uma bolha. Pelo contrário, é sustentável e está calcado na elevação da massa salarial e na melhoria do mercado de trabalho", disse. Eraldo Alves da Cruz, do CTur da CNC, Eliseu Barros, da ABIH-CE, Francisco Neto, da ABR/Rio Quente Resorts, e Roberto Rotter, do FOHB, debateram o tema com o economista.

Na parte da tarde, o ministro Luiz Barretto participou da solenidade de assinatura dos dois primeiros contratos de financiamento para o setor hoteleiro firmados pelo BNDES por meio do Pró-Copa. A plenária Sustentabilidade e Certificação, com profissionais da área debatendo a importância do assunto para o setor de hotelaria, encerrou o primeiro dia do Conotel.