Seu browser não suporta JavaScript!

24/04/2013 | Revista Veja.com

Comissão da Câmara quer acesso à sindicância sobre Rose

Por Gabriel Castro

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira, um pedido de acesso à sindicância feita pela Casa Civil para investigar a atuação de Rosemary Noronha, amiga íntima do ex-presidente Lula e ex-chefe do escritório da Presidência em São Paulo. A proposta é de autoria dos tucanos Carlos Sampaio (SP) e Otavio Leite (RJ). “Faremos uma reunião reservada para examinar a documentação. E tomaremos providências em conjunto”, disse Otavio Leite.

Os tucanos também queriam a convocação da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, mas o pedido não foi votado.

Reportagem publicada na edição desta semana de VEJA revelou detalhes da sindicância que foi mantida em segredo pelo governo porque poderia criar “instabilidade institucional”. Ela mostra como a ex-secretária Rosemary Noronha se aproveitou da intimidade com o ex-presidente Lula para ganhar dinheiro, traficar poder e viver como uma soberana.