Seu browser não suporta JavaScript!

06/03/2012 | Agência Câmara às 16h19

Comissão mantém meia-entrada para idosos nos jogos da Copa

A Comissão Especial que analisa a Lei Geral da Copa (PL 2330/11) rejeitou há pouco os três destaques feitos pelo PSDB ao texto principal, elaborado pelo relator, deputado Vicente Candido (PT-SP). Com isso, valerão as regras propostas pelo relator para as meias-entradas e, na prática, as leis estaduais referentes ao tema não serão aplicáveis à Copa do Mundo de 2014.

Como o Estatuto do Idoso é uma lei federal, idosos poderão comprar ingressos pela metade do preço em qualquer setor. O texto-base aprovado novamente nesta terça-feira também prevê a reserva de 300 mil ingressos populares para estudantes (mediante apresentação de carteiras de organizações estudantis reconhecidas, como a Ubes e a UNE) e beneficiários de programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

O colegiado também derrubou o destaque que pretendia acabar com a multa a ser cobrada de torcedores que desistirem da compra de ingressos; e o que estendia o visto eletrônico para estrangeiros a outros eventos desportivos, e não apenas à Copa. O deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) explicou que a medida rejeitada buscava facilitar a entrada de turistas no Brasil. O relator se comprometeu a negociar com o governo a extensão do visto eletrônico, e o assunto voltará a ser discutido em Plenário.

A reunião ocorre no Plenário 3.