Seu browser não suporta JavaScript!

26/05/2014 | Jornal Monitor Mercantil digital

Competição: deputado defende que Brasil precisa de mais bolsas

O mercado de ações no Brasil precisa se abrir para a média e a pequena empresa, defendeu, em conversa com empresários do setor varejista na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), o deputado federal Otávio leite (PSDB-RJ). “Muita gente não sabe, mas a BMF Bovespa é uma empresa privada, com forte participação acionária de fundos institucionais, que lucra R$ 1 bilhão por ano e não tem interesse em ampliar o mercado para atender às empresas de menor porte. Em seis anos, apenas duas empresas entraram no Bovespa Mais, que deveria ser a porta de acesso para as pequenas”, disse Otavio Leite. “O Brasil tem apenas 353 empresas listadas na Bovespa, e apenas uma bolsa; enquanto isso, os Estados Unidos têm 16 bolsas. É preciso ter competição, única forma de diminuir os custos de intermediação”, defendeu o deputado.

O deputado Otavio Leite recebeu do presidente do conselho, Aldo Gonçalves, um diploma em agradecimento pela visita à Associação.

Foto: Associação Comercial do RJ