Seu browser não suporta JavaScript!

20/08/2012 | Ascom Otavio Leite

Conselheiros do Cremerj aprovam propostas de Otavio Leite

O candidato à prefeitura do Rio, Otavio Leite, esteve ontem à noite, reunido com os membros do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro - CREMERJ, por mais de duas horas, para apresentar seu plano de governo e, principalmente, seus projetos para a área de saúde do município. Após a exposição, os conselheiros deram sugestões e fizeram propostas para o candidato.

Durante o encontro, Otavio Leite apresentou a sua principal proposição para a saúde que é decretar, logo início do governo, a rede municipal de saúde e ensino, integrando as faculdades de ciências médicas aos equipamentos de saúde da cidade. O candidato falou, também, do projeto de implantar uma faculdade de medicina na Zona Oeste da cidade, região com cerca de 1,7 milhão de moradores, que não possui nenhuma instituição de ensino na área.

Para o secretário geral do CREMERJ, Dr. Pablo Vazquez Queimadelos, especialista em clínica médica e geriatria, o candidato ter demonstrado interesse em priorizar a Zona Oeste foi um ponto muito positivo: “A região é desprovida de serviços médicos, e investir lá é fundamental para combater a violência e para a cidadania da população”. O secretário geral elogiou também o entendimento do candidato sobre a importância da residência médica na formação profissional da categoria, que segundo ele “é a melhor forma de especialização, e é mundialmente reconhecida”. Ele disse, também, que a proposta de transformar os hospitais municipais em unidades de ensino será muito importante para a melhoria da qualidade da assistência. Para finalizar, Dr. Pablo também afirmou ter ficado muito bem impressionado com a preocupação de Otavio Leite com os idosos e sugeriu: “Quando eleito ele deveria criar um programa de saúde específico para a terceira idade, da mesma forma como já existem programas de diabetes, de hipertensão e alguns outros”.

Já o Dr. José Ramon Varela Blanco, dermatologista e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia/RJ, vê com muita simpatia a restauração do mérito e da qualidade do serviço público valorizando os profissionais: “O que ele propõe é a valorização do médico nas suas funções. Quando ele fala em trazer a academia para os hospitais da rede, o maior beneficiário é a população”. E criticou: “É exatamente o contrário do que vemos hoje em dia. Os postos de saúde de atenção primária funcionando precariamente e sem médicos, o que compromete sobremaneira o atendimento.” Segundo Dr. José Ramon, as proposições do candidato para o setor são muito consistentes: “O Otavio Leite é realmente uma pessoa séria e o Rio só tem a melhorar com estas propostas para a saúde”. Sobre o encontro, o candidato afirmou que foi muito positivo e que os conselheiros corroboraram com suas ideias e agregaram outras sugestões ao plano de governo: “Foram duas horas de profundas reflexões sobre a saúde pública do Rio, com homens e mulheres respeitados e experientes. Fiquei muito feliz: estou no caminho certo”, concluiu.

Foto: Marcelo de Mattos