Seu browser não suporta JavaScript!

20/05/2011 | Diário de Petrópolis

CPI da Serra e Câmara debatem debatem criação de Código de Proteção Civil

Uma reunião conjunta entre os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Região Serrana que investiga as causas da tragédia das chuvas de janeiro e da Comissão Especial da Câmara dos Deputados, criada para elaborar medidas preventivas contra catástrofes climáticas, foi realizada, nesta sexta-feira (20), na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Durante o encontro,foi anunciado o projeto para a criação do Código Nacional de Proteção Civil. “O Brasil pode e deve se preparar para as catástrofes.

Custa menos investir na prevenção que na reconstrução. Temos que ter em mente os últimos acontecimentos que abalaram o país para evitar que eles voltem acontecer”, disse a deputada federal Perpétua Almeida (PcdoB-AC), presidente da comissão especial que elabora o projeto, acrescentando que o código servirá para criar uma cultura de prevenção efetiva, além de dividir melhor as responsabilidades entre municípios, estados e União.

O objetivo da reunião era ouvir os moradores da região e especializas para tentar colher propostas que enriquecessem o trabalho da CPI e da Comissão Especial. Presidente da CPI da Serra, o deputado Luiz Paulo (PSDB) se mostrou satisfeito com a proposta do código e lembrou que a recuperação das cidades da região vão custar aos cofres públicos algo em torno de R$ 4 bilhões, recursos que serão investidos na construção de habitações, dragagem de rios, contenção de encostas, diagnóstico de áreas de risco, recuperação da agricultura, rodovias, escolas e hospitais.

Responsável pela coordenação do encontro, a deputada federal Andréa Zito (PSDB-RJ) mostrou-se insatisfeita com a ausência dos prefeitos de Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. “Só o Poder Executivo municipal poderia nos trazer informações mais concretas. Eles são o termômetro do que está acontecendo na região. São os prefeitos, que passam por uma situação de cobrança da sociedade, que deveriam vir conversar com os deputados federais para tentar viabilizar verbas”, ponderou.

Estiveram presentes os deputados federais Glauber Braga (PSB-RJ), relator da comissão especial; Ademir Camilo (PDT-MG); Fernando Jordão (PMDB-RJ); Arolde de Oliveira (DEM-RJ); Otavio Leite (PSDB-RJ); e Luci Choinacki (PT-SC), além do deputado estadual Nilton Salomão (PT), relator da CPI da Serra.

Crédito da foto: Jorge Pulmão

P.S: Esta foto não compõe originalmente a matéria do Diário de Petrópolis.