Seu browser não suporta JavaScript!

04/07/2004 | Jornal O Dia

De olho no seu voto

Assembléia Legislativa

Os mais ausentes

(1 falta 6,25%) - Aurélio Marques (PL), Inês Pandeló (PT), Márcio Corrêa (PSB), Otavio Leite (PSDB), Waldeth Braziel (PL), Aparecida Gama, Edna Rodrigues, Eliana Ribeiro, Leandro Sampaio e Noel de Carvalho, todos do PMDB:

Aparecida e Otávio afirmam que estavam fora do Rio a trabalho. Aurélio disse que estava no hospital. Eliana alega que esteve em reunião com governo. Noel informou que levou a mulher a hospital em São Paulo. A assessoria de Waldeth afirmou que ela foi a evento do PL, já a assessoria de Edna negou a falta. Inês, Leandro e Márcio não foram localizados.

Os mais presentes

60 parlamentares - O número de deputados estaduais presentes para as votações caiu de 68 em maio para 60, o que corresponde a 85,7% dos 70 parlamentares da Alerj.

Boa idéia

CPI da Loterj e do Rioprevidência - Os deputados da CPI que investiga os atos do ex-presidente da Loterj Waldomiro Diniz vão pedir a prisão do ex-subchefe de Assuntos Parlamentares da Casa Civil e do bicheiro Carlos Cachoeira. A CPI encerrou os trabalhos quarta-feira. A dupla aparece numa fita em que Waldomiro, então presidente da Loterj, pede dinheiro a Cachoeira para campanhas políticas. Os parlamentares da CPI foram duas vezes a Goiânia para acareação.

Destaque

Délio Leal (PMDB) - O ex-delegado teve coragem de votar contra e criticar o governo na polêmica Lei do Bico, em que policiais ou bombeiros poderiam ter segundo emprego, usando insígnias. Foi a primeira derrota do governo na Casa. Ainda assim, Délio foi convidado para a Secretaria de Justiça e fará a ponte da Alerj com o Executivo.

Má idéia

Leandro Sampaio (PMDB) - Irritou aliados do governo ao faltar à votação da Lei do Bico, criticada por policiais e derrubada na Alerj. Mesmo sem ajudar o governo, Leandro surpreendeu ao pedir um oficial PM para seu gabinete. Ele desmente, mas outros parlamentares confirmam e lamentam o pedido.

Mico

Edino Fonseca (PSC) - Na votação do Dia de Combate à Homofobia, Edino disparou contra a proposta: “A TV mostra o Dia do Orgulho Gay, mas não vala negra do homossexualismo. Não mostra gay velho chamado de bicha velha”. A platéia ficou em polvorosa.

Diário Oficial

Sessões realizadas - 16

Sessões com falta de quorum - 8

Dias utéis sem sessão - 0

Boca de Cofre (por mês)

Salário - R$ 9.549

Ganhos indiretos - Auxílio-moradia de R$ 2.250 para quem mora a 100 km do Rio; R$ 1,8 mil para combustível; R$ 3 mil para selos e 20 cargos no gabinete com salários de R$ 1,8 mil a R$ 4,5 mil