Seu browser não suporta JavaScript!

08/09/2017 | Agência Câmara

Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência debaterá distrofia muscular de Duchenne

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, da Câmara dos Deputados, promove na quarta-feira (13) audiência pública para discutir a distrofia muscular de Duchenne (DMD). O debate foi proposto pelos deputados Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Otavio Leite (PSDB-RJ). Gabrilli explicou que a DMD é uma doença genética de herança recessiva.

“A doença acomete principalmente homens. São afetados um em cada três a quatro mil nascimentos. As mulheres com alterações do gene DMD normalmente são assintomáticas, mas pode haver manifestações clínicas de maior ou menor intensidade”, ressaltou Gabrilli.

Convidados
a presidente da Associação Brasileira de Distrofia Muscular, Ana Lúcia Langer;

o Presidente da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), Marco Fireman;
o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa da Silva Júnior;

e um representante do Ministério da Saúde.

Horal e local
A audiência pública será realizada no plenário 13, a partir das 15 horas.