Seu browser não suporta JavaScript!

09/02/2011 | Portal IG

Deputado ligado a Aécio critica fala de Serra

Aliado político do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG) criticou o ex-governador de São Paulo José Serra logo após a reunião da bancada da Câmara em que o paulista defendeu unidade no partido. Durante discurso, Serra disse ter criado um 11º mandamento: “tucano não fala mal de tucano”.

Sávio reclamou que não pôde falar após o discurso de Serra. “Queria fazer uma réplica. Ele fez uma ironia ao dizer que tucano tem vocação para segundo marido. Absurdo. Pede para a gente não falar mal e acaba falando mal de tucano”, disse o deputado mineiro. “Até concordo que o Serra venha aqui, mas já teve muitas oportunidades. Nós queremos falar também”.

O deputado mineiro afirmou ainda que Serra deveria ter esperado fala dos congressistas tucanos que haviam se inscrito para falar sobre assuntos da bancada. “Ele é convidado. Tem de esperar”, disse Sávio. O deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) saiu em defesa do paulista. “A reunião foi boa. Serra precisa do seu espaço no partido”, afirmou.

A ida de Serra a Brasília ocorre duas semanas após a produção de um abaixo-assinado favorável à recondução de Sérgio Guerra, deputado federal eleito por Pernambuco, à Presidência do PSDB. Aliados do ex-governador paulista, como o senador Aloysio Nunes, classificaram como “péssima” a iniciativa.

Derrotado na eleição presidencial passada, Serra tenta se manter influência no PSDB no momento em que o senador Aécio Neves coloca-se como “candidato natural” à disputa da Presidência da República em 2014. O mineiro foi um dos que apoiam Sérgio Guerra. Por ora, Serra não deixou claro se disputará a presidência do PSDB.