Seu browser não suporta JavaScript!

13/07/2008 | Jornal O Globo Online

Deputado do PSDB defende checagem de grampos telefônicos

BRASÍLIA - Autor de um projeto de lei que disciplina a prática de escuta telefônica, evitando a interceptação indevida (escuta clandestina), o deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) defendeu neste domingo uma auditagem regular nos grampos telefônicos. O texto tramita na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara. A idéia, explicou o parlamentar, é evitar ´contaminações e escutas irregulares´.

Ao comentar o excesso de escutas telefônicas oficiais, publicado na edição deste domingo no GLOBO, Leite afirmou que a interceptação telefônica autorizada em decisão judicial tem sido importante para a investigação e o combate aos crimes e às máfias que atuam em diversos setores do poder público e da sociedade em geral. No entanto, ele enfatizou que é preciso haver uma espécie de checagem das ligações, para confrontar se as autorizações emanadas da Justiça são as mesmas ´linkadas´ pela operadora de telefonia ´e se são as mesmas efetivamente ouvidas pela autoridade policial.

- Esses números têm que bater 100%. Trata-se de uma medida simples e que será extremamente útil para o fortalecimento desse mecanismo de investigação - disse Leite, acrescentando que a conferência deve ser realizada pelo Poder Judiciário.