Seu browser não suporta JavaScript!

19/11/2004 | Jornal Hora H

Deputados querem obras de emissário concluídas

A Comissão Pró-Emissário, da Assembléia Legislativa, vai apresentar emenda ao Orçamento de 2005 para assegurar a execução dos R$ 200 milhões que faltam para a conclusão das obras de saneamento de Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio. A decisão foi anunciada pelo presidente da comissão, deputado Otavio Leite (PSDB), durante audiência pública realizada ontem com diretores da Cedae e líderes comunitários.

Iniciado em 2001, o programa de saneamento da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio tem orçamento de R$ 390 milhões, mas até o momento só R$ 143 milhões foram executados. Há ainda R$ 45 milhões assegurados pelo Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental), para este ano. “No final de 2004, teremos chegado à metade do caminho.

Vão faltar ainda R$ 200 milhões, que precisam ser investidos em 2005 para que o cronograma seja cumprido. O nosso drama, agora, é assegurar esses recursos”, disse Otavio Leite. O presidente da Cedae, Aluízio Meyer, apresentou o cronograma atualizado de todas as etapas do programa. Segundo ele, 90 % das obras da estação de tratamento de esgoto (ETE) estão prontas. A previsão é de que em janeiro do ano que vem a estação já esteja pronta para receber o esgoto da Barra.