Seu browser não suporta JavaScript!

28/10/2011 | Blog da Bancada do PSDB na Câmara e no Senado

'Descaso com aeroporto do Rio de Janeiro demonstra péssima gestão do setor'

'Descaso com aeroporto do Rio de Janeiro demonstra péssima gestão do setor, critica Otavio Leite

Por Djan Moreno

Dados obtidos pelo deputado Otavio Leite (RJ) mostram que, de 2008 a agosto deste ano, apenas 21% dos R$ 452 milhões destinados à compra de equipamentos e obras nos terminais de passageiros do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão) foram efetivamente usados. As informações são do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) e do Ministério do Planejamento.

Até 31 de agosto de 2011, foram aplicados apenas 4% dos R$ 163 milhões previstos para o ano. O tucano criticou a lentidão do governo para executar o orçamento e afirmou que o Galeão é apenas um exemplo da má gestão federal.

Ao todo, a Infraero tem um orçamento de R$2,28 bilhões para investir nos terminais brasileiros este ano. No entanto, gastou apenas 17,5% (R$388 milhões) até agosto. O 1º vice-presidente do PSDB na Câmara lembra que a empresa teve cinco presidentes em quatro anos e afirma que o grande problema do setor não é a falta de recursos, mas de gestão. Para Otavio Leite, a incompetência é tão evidente que não houve avanços no aeroporto carioca mesmo com a escolha do Rio para sediar as Olimpíadas de 2016.

“Essa incapacidade só traduz a inoperância e gera para todo o setor, sobretudo para o usuário, uma série de problemas. Dinheiro não falta. Falta capacidade técnica para administrar”, apontou.

O parlamentar ressaltou que a aproximação dos megaeventos esportivos aumentará ainda mais a demanda por voos. “Queremos que o governo tome uma atitude. Ou organiza a Infraero ou estabelece um modelo de gestão não estatal dos aeroportos, o que poderia dar muito mais resultados”, cobrou. Para o deputado, é impressionante a falta de estrutura do Galeão, que é porta de entrada do Brasil para muitos turistas.