Seu browser não suporta JavaScript!

25/11/2010 | Brasilturis jornal

Empossada a nova diretoria do FOHB

Por Carolina Maia

Na manhã desta quinta-feira, dia 25, tomou posse a diretoria do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil para o biênio 2011-2012. A cerimônia realizada na capital paulista contou com inúmeras personalidades do trade turístico.

Esta é a quarta diretoria a presidir a entidade que completa oito ano, período em que associados e parceiros do FOHB, junto ao setor público e privado desenvolveram bom entrosamento na conquista de pleitos e avanços para o setor. “O Fórum concentra suas atividades em três importantes eixos: relacionamento, desenvolvimento e conhecimento. Procuramos estreitar as relações com os principais players do mercado, realizamos e apoiamos importantes projetos de capacitações, como o Bem Receber e o Olá, Turista, assim como também desenvolvemos inúmeros outros projetos ao longo destes últimos quatro anos”, comentou Rafael Guaspari antes de passar o bastão da entidade a Roberto Rotter.

Após o discurso, do agora presidente do Conselho Consultivo, o novo presidente eleito, Roberto Rotter, aproveitou a ocasião para homenagear cinco profissionais que contribuíram ao longo da gestão atual para o desenvolvimento e reconhecimento da atividade turística no País como importante segmento da economia: o ministro do Turismo, Luiz Barretto – que foi representando pelo o presidente da Embratur, Mário Moysés, também homenageado; Jeanine Pires, que não pode comparecer ao evento; o presidente da São Paulo Turismo, Caio Luiz de Carvalho, representado pelo vice, Tasso Gadzanis, e o deputado federal, Otavio Leite.

O presidente da Embratur também aproveitou a ocasião para proferir algumas palavras sobre os rumos do País no setor turístico. “Não podemos ficar muito impressionados com o sucesso para não tomar um tombo. O novo governo precisa estar atento, inclusive temos de prestar atenção internacionalmente. Acredito que continuaremos na rota do crescimento, as possibilidades são muito grande, porém precisamos ter oferta e serviços de qualidade com parâmetros internacionais”, disse.

“Estou muito entusiasmado com essa nova fase da entidade e pelo bom desempenho da gestão anterior. Vivemos um momento muito especial para o turismo e por consequência para a hotelaria. No contexto internacional é importante citar a visibilidade que o Brasil terá nos próximos anos, mas é preciso inúmeras melhorias na infraestrutura do País”, afirmou Rotter ao proferir seu discurso de posse.

De acordo com o novo presidente do FOHB, apesar do “momento extraordinário” que a hotelaria tem vivido, nos últimos anos o turismo de lazer tem sofrido alguns entraves. “Os resorts ficaram abaixo dos 8% de crescimento em comparação ao último ano. A região Nordeste apresentou o menor índice de Revpar, e é a região com maior número de resorts”, comentou.

Roberto Rotter também aproveitou sua fala para ressaltar os rumos que a nova diretoria irá tomar. “Buscaremos a partir de agora fomentar ainda mais ações em prol do setor, também daremos continuidade as várias parcerias com entidades do setor”, informou.

Após o discurso do presidente empossado, mais homenagens foram prestadas e os novos executivos da diretoria assinaram suas posses, foram eles: Emanuel Baudart, da Accor, que assume a vice-presidência Comercial; Francisco “Paco” Garcia da InterContinental Hotels como vice-presidente de Recursos Humanos e Responsabilidade Social; Julio Serson dos Hotéis Vila Rica à frente da vice-presidência de Relações Institucionais; Alexandre Gehlen da InterCity Hotéis na vice-presidência de Tecnologia de Informação, e André Moneglaglia da Allia Hotels e Plaza Inn Hotéis que assumiu a vice-presidência Administrativo-Financeiro.

O Conselho Consultivo, além de Guaspari, também contará com Roland Bonadona, da Accor na vice-presidência. Foram eleitos também conselheiros: Álvaro Bezerra de Mello, Hotéis Othon; Jayme Canet Neto, Hotéis Deville; Reginaldo Olivi, BHG, e Rui Manoel, da Sol Meliá.