Seu browser não suporta JavaScript!

22/10/2010 | Jornal O Globo online

Encontro da militância tucana será no domingo

Por Cássio Bruno

Dilma vai à Zona Oeste e Serra, à orla de Copacabana, neste domingo

RIO - Os candidatos à Presidência, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), desembarcam no Rio neste domingo para os dois últimos grandes atos de campanha no estado antes das eleições, no dia 31. Dilma fará uma carreata, a partir das 9h, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por bairros da Zona Oeste. Serra, por sua vez, caminhará a partir das 10h, na orla de Copacabana, na Zona Sul, com saída prevista do Posto 6. O tucano estará ao lado de aliados como os senadores eleitos Aécio Neves (PSDB) e Itamar Franco (PPS).

Petistas e tucanos, no entanto, podem se encontrar, novamente, depois da confusão de quarta-feira em Campo Grande , quando Serra foi agredido por manifestantes petistas. Mesmo sem as presenças de Dilma e Lula confirmadas nesta agenda da tarde, o partido organiza uma passeata também em Copacabana, às 14h, no Posto 6.

" O PT não vai à orla de manhã para evitar qualquer problema "

- O PT não vai à orla de manhã para evitar qualquer problema. Não aceitaremos provocações. Será um ato da paz - disse nesta sexta-feira o presidente regional do PT, deputado federal Luiz Sérgio.

Em nota divulgada nesta sexta-feira à tarde, Luiz Sérgio repudiou a violência e pediu reforço no policiamento:

"Apelamos às autoridades policiais para que reforcem a presença nas ruas neste domingo, já que os dois candidatos a presidente da República estarão na cidade".

PM não reforçará policiamento na orla

Apesar do confronto em Campo Grande, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou nesta sexta-feira que não reforçará o patrulhamento de rotina na orla. O órgão não quis divulgar o número de PMs no local. Segundo a assessoria, em caso de tumulto, haverá aumento no efetivo com policiais do 19º BPM (Copacabana) e do 23º BPM (Leblon).

- O PSDB avisou da utilização do espaço (orla) para a PM, para a Guarda Municipal e para o Corpo de Bombeiros. Oficialmente, a orla de Copacabana será para o nosso evento - afirmou o deputado federal tucano Otavio Leite, dizendo que não haverá reforço na segurança particular de Serra.

Em reunião nesta sexta-feira à noite, o PT decidiu que Dilma e Lula vão percorrer dez quilômetros na Zona Oeste, passando por 19 ruas. A saída será em Realengo e o término, no Shopping Bangu. Está prevista a participação de três mil militantes, segundo o PT.

No site do PT fluminense, a direção executiva convoca os filiados para fazerem o evento "tipo Copa do Mundo" e "o Rio recebendo a Seleção Brasileira da política". A carreata terá a participação do governador reeleito Sérgio Cabral (PMDB) e dos senadores eleitos Lindberg Farias (PT) e Marcelo Crivella (PRB).

Integrantes de blocos de carnaval irão a Copacabana

À tarde, petistas preparam o "Bloco da Dilma", com integrantes de blocos de carnaval de rua carioca, em uma manifestação em defesa das conquistas do governo Lula e pela sua continuidade com a eleição de Dilma. Neste sábado e neste domingo, a programação do PT e de partidos aliados terá ainda panfletagem em São Gonçalo, em bairros da Zona Norte e na Central do Brasil.

A "Caminhada da Vitória" de Serra sairá do Posto 6, em direção ao Leme. O evento é organizado pelo candidato a vice-presidente na chapa, Indio da Costa (DEM). Além de Aécio e Itamar, são esperados os governadores eleitos Antônio Anastasia (MG), Beto Richa (PR) e Geraldo Alckmin (SP). De acordo com os tucanos, a orientação é para que militantes e simpatizantes do candidato usem camisas azuis.

Em outra frente, 16 deputados do PSDB e de partidos que compõem a aliança farão corpo a corpo pró-Serra na Baixada Fluminense, no interior e na Zona Oeste.