Seu browser não suporta JavaScript!

12/11/2010 | Portal IG

Erro no Enem quase leva Inep a perder funcionários

Por conta do erro nas provas do Enem, quase o Congresso aprovou nesta semana uma retaliação em cima do Inep (Instituto Nacional de Estudos Pedagícos), órgão encarregado da elaboração do concurso.

Na votação da Medida Provisória que prorrogava os contratos de trabalho de funcionários temporários de diversos órgãos da administração pública, inclusive do Inep, o deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) inclui uma emenda propondo a retirada do Inep da lista. Com isso, teriam que ser demitos praticamente todos os temporários do órgão.

Além do apoio da oposição, a proposta começou a ganhar força em plenário até na base governista. Só não avançou porque o líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), alertou os líderes dos partidos governistas a tempo de virar o jogo.

Ao Poder Online, Otavio Leite admite que realmente foi motivado por retaliação contra o erro nas provas do Enem.