Seu browser não suporta JavaScript!

06/06/2010 | Jornal O Dia

Fé nas urnas

Olho na missa e no voto: a Igreja Católica decidiu participar de forma mais intensa das eleições no Rio. Padres e bispos não pedirão voto de maneira aberta, mas tentarão influenciar eleitores e abrir espaços para alguns candidatos.

A maior aposta é na eleição, para deputado estadual, do vereador Márcio Pacheco (PSC), da Renovação Carismática Católica.

Outros prováveis candidatos a vagas na Alerj são a atriz Miriam Rios ( PDT), ligada à Comunidade Canção Nova, e Paulo Heráclito (PP), do Instituto Juventude Pela Vida.

Conservadores

O perfil conservador dos candidatos está relacionado à ruptura provocada por uma nota da Pastoral Católicos na Política contra o Programa Nacional de Direitos Humanos.

Petistas integrantes do grupo ficaram fora da lista por terem criticado o texto.

Católicos federais

Para a Câmara dos Deputados, o catecismo eleitoral da Igreja Católica inclui Hugo Leal (PSC), Otavio Leite (PSDB) e dois parlamentares do DEM—Indio da Costa e Solange Amaral.