Seu browser não suporta JavaScript!

25/07/2013 | Portal do PSDB na Câmara

'Funai desperdiça dinheiro ao alugar prédio por R$ 1,1 milhão'

Funai desperdiça dinheiro ao alugar prédio por R$ 1,1 milhão, avalia Otavio Leite

Brasília – Na mesma semana em que o governo federal anunciou um corte de R$ 10 bilhões no Orçamento, sob o pretexto de poupar recursos e colaborar para diminuir os efeitos da crise, a Fundação Nacional do Índio (Funai) mudou de sede e vai pagar aluguel de R$ 1,1 milhão, valor seis vezes maior que o anterior, de R$ 170 mil.

O deputado federal Otavio Leite (PSDB-RJ) classificou o episódio como mais um exemplo do governo perdulário da presidente Dilma. “Como se já não bastasse a total incompetência do governo em administrar os conflitos entre índios e agricultores, vem agora esse caso de desperdício”, disse o parlamentar.

Segundo Otavio, não é razoável que a nova sede da Funai demande custos dessa magnitude – principalmente pela quantidade de prédios de que dispõe o poder público e também pelo cenário de crise que vigora na economia mundial, e cada vez mais na brasileira.

O parlamentar criticou também a manutenção precária do prédio antigo da Funai – pretexto apresentado pela entidade para a mudança. A Funai alega que o edifício, localizado no Setor de Rádio e TV Sul, em Brasília, tinha problemas estruturais, como rachaduras e infiltrações.

“O pouco cuidado com o prédio antigo nos sugere que a mudança para o edifício caro foi algo de caso pensado. Tudo para que se encontrasse uma situação de impasse e que motivasse a mudança para um novo espaço, com mais custos. É a típica situação que merece uma criteriosa investigação”, disse Otavio.

A Funai permanecerá no edifício alugado até que seja construída sua nova sede. Ainda não há expectativas para a conclusão da obra e nem previsão de gastos.