Seu browser não suporta JavaScript!

18/01/2010 | Blog Notícias sobre aviação

Galeão é vistoriado por Comissão de Turismo e ganha nova sala de embarque internacional

Durante as comemorações dos 33 anos de fundação, o aeroporto Internacional Tom Jobim ganha, nesta quarta-feira (20/01), uma nova área de embarque internacional. O novo espaço será 35% maior do que o atual.

Localizada no Terminal 1, a sala de embarque internacional tem máquinas de raixo X antes mesmo do controle da Alfândega e conta com loja da HStern, uma livraria e uma área de freeshop no segundo andar, onde devem ser inauguradas, em breve, outras lojas.

O novo ambiente, que fica no setor C, será ocupado pelos passageiros das seguintes companhias aéreas: Aerolineas Argentinas, Continental Airlines, Air France, Copa Airlines, Lan e Taag. A atual sala de embarques internacionais do Terminal 1 será fechada e parte dela será usada para embarques domésticos após a reforma.

Vistoria - Durante esta tarde o Galeão recebeu a visita de uma comissão de turismo integrada pelo deputado Otavio Leite, o presidente da Abav-RJ, Luís Strauss e o professor Maurício Werner, da UniverCidade e Planetwork. Na ocasião, foram recepcionados pelo superintendente Regional da Infraero no Rio de Janeiro, Willer Larry Furtado, pelo diretor superintendente do Galeão, André Luís Marques de Barros e pelo coordenador das obras, Cristiano Brito.

Otavio Leite se confessou satisfeito com o cumprimento do cronograma traçado pela comissão em parceria com a diretoria da Infraero e adiantou que a prioridade da bancada do Rio, a partir de agora será buscar meios de trazer para a cidade um maior número de voos internacionais.

Segundo ele, os avanços das obras do Galeão já permitem que novas companhias aéreas passem a operar nos Terminais 1 e 2. "Pelo que pude perceber hoje na vistoria feita no Galeão, as obras tem sido realizadas com algum atraso, principalmente no Terminal 2, mas vejo que o cronograma avançou e o aeroporto já tem condições de receber novos voos internacionais. A prioridade agora é trabalhar nesse sentido, junto a autoridades e empresas, de modo que o Rio venha ser de fato, junto com São Paulo, o principal hub dos voos internacionais".

Já o presidente da Abav-RJ, Luiz Strauss, também se mostrou favorável a essa iniciativa, lembrando que o Galeão é o portão de entrada do turismo internacional e o Rio é o que mais recebe visitantes do exterior. "Temos que nos mobilizar para trazer mais voos. É importante também que as companhias aéreas colaborem reduzindo suas tarifas e permitindo que mais pessoas viajem", acrescentou.

O professor Maurício Werner elogiou o cronograma de obras e sugeriu à Infraero o uso de universitários, do curso de Turismo da UniverCidade, para trabalhar no serviço de orientação aos passageiros.

Por sua vez, o superintendente regional da Infraero, Willer Larry Furtado, garantiu que o Aeroporto Internacional do Rio é prioridade número um da Infraero no programa de reforma dos aeroportos das cidades-sede da Copa.

"Decidimos que o Galeão e o Rio de Janeiro são nossas principais prioridades no cronograma de obras. Estamos trabalhando para entregar a reforma e ampliação do Terminal 2 antes do prazo", afirmou.

Já o superintendente de Aeroportos da Infraero, André Marques Barros, informou que a meta é de chegar em 2014 com 22 milhões de turistas por ano, e em 2016, com 26 milhões. Também foi informado que a aprovação da licitação para construção de um hotel em anexo ao Terminal 2, com 200 apartamentos, será feita ainda este ano.

Na ocasião foram apresentadas as obras de melhoria do Terminal 2 com ampliação dos slots de check in e detalhados planos que incluem ampliação do estacionamento e reforma da pista do Galeão para receber o A-380.

Legenda da foto: Cristiano Brito, Andre Luis Marques e Willer Larry Furtado, da Infraero, com deputado Otavio Leite, professor Mauricio Werner e Luis Strauss, da Abav-RJ, durante a vistoria no Galeão.

Foto: Marlon Falcão

Fonte: Luiz Marcos Fernandes (Mercado & Eventos)