Seu browser não suporta JavaScript!

18/03/2010 | Ascom Dep. Otavio Leite

Líder da Minoria sugere novamente a retirada da urgência na tramitação do marco regulatório do pré-sal no Senado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira (18/3) que o Congresso Nacional deve resolver a polêmica da redistribuição dos royalties (valor pago aos Estados pela exploração de recursos) do petróleo e que já havia alertado aos líderes parlamentares que ano eleitoral não é adequado para mudar as regras.

Para tentar acalmar os ânimos e ganhar tempo para conquistar os parlamentares, o deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), líder da minoria no Congresso, novamente sugeriu (18/3) ao governador do Rio, Sérgio Cabral, que peça ao presidente Lula a retirada do pedido de urgência na tramitação do marco regulatório do pré-sal no Senado. "Temos que trazer essa discussão para um nível de equilíbrio", disse o tucano fluminense.

Como o Palácio do Planalto quer sancionar as novas leis até o fim do primeiro semestre, os projetos do pré-sal estão no Senado com o pedido de urgência. Isso significa que cada proposta precisa ser analisada e votada em 45 dias. Mantida a urgência, acredita-se que a votação das medidas estará concluida até o fim de maio, dando tempo para que os deputados analisem as mudanças feitas pelos senadores no início de junho, antes da sanção presidencial.