Seu browser não suporta JavaScript!

07/06/2011 | Portal IG

Marina Silva: “Deve ser tensão do Código Florestal”

Durante o lançamento do livro O Efeito Marina (Nova Fronteira), de Alfredo Sirkis, nessa segunda-feira (06/06), na Travessa do Shopping Leblon, sobre a campanha presidencial de Marina Silva em 2010, a ex-ministra apareceu com o braço imobilizado. Ao perguntarem se havia levado um tombo ou algo do gênero, Marina respondeu que tem andado tensa, deve ter dormido em cima do braço, e brincou: “Acordei com uma dor inexplicável – deve ser tensão do Código Florestal”. Como sabido, estão por ser votadas grandes mudanças no Código Florestal, que, entre outras coisas, diminui a proteção às florestas. Marina é contra. Muita gente, inclusive blogueiros (a quem se atribui grande parte do sucesso da campanha de Marina à Presidência), apareceu, tanto que os autógrafos foram numa área fora da livraria, já prevendo um grande número de pessoas. Marina fez discurso e, a certa altura, disse que muitos políticos costumam afirmar pós-eleição que têm tantos milhões de votos, numa referência às estatisticas do passado. Não, não têm. “No dia seguinte a uma eleição, os votos voltam a ser do eleitor”, afirmou ela. Quanto ao livro de Sirkis, não traz um relato de Marina nas últimas eleições, de jeito nenhum: é a visão do autor, que foi coordenador da campanha no Rio, de tudo que aconteceu no período. De Gilberto Gil a Lilibeth Monteiro de Carvalho, muita gente lá.

Na foto: Marina Silva e Otavio Leite.

Crédito da foto: Paulo Jabur