Seu browser não suporta JavaScript!

09/07/2010 | Jornal Extra online

Milhões do propinoduto podem voltar para o Rio

Por Felipe Sáles

Na Lei de Diretrizes Orçamentária aprovada pelo Congresso Nacional, uma emenda poderá devolver aos cofres do estado US$ 28 milhões desviados por fiscais de renda do Rio, no escândalo conhecido como propinoduto. A emenda, do deputado Otavio Leite, estabelece que os recursos provenientes de repatriação, inclusive os financeiros de exercícios anteriores, tenham a respectiva identificação do ente público ou entidade lesada.

O esquema foi descoberto em 2002 e envolvia o envio de dinheiro de propinas de bancos suíços, entre 1999 e 2000, por quatro fiscais de renda do governo do Rio e quatro auditores fiscais da Receita Federal. O ministro da Justiça, Tarso Genro, já havia declarado que os valores ficariam em poder do Tesouro Nacional.