Seu browser não suporta JavaScript!

16/05/2015 | Jornal Folha de São Paulo

MP do futebol vai fazer governo receber R$ 160 milhões por ano dos clubes

Por Bernardo Itri
O governo federal vai receber R$ 160 milhões por ano com a aplicação da medida provisória do futebol. Este é o cálculo do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), relator do texto. O valor, diz o tucano, entrará nos cofres da União caso todos os clubes com dívidas fiscais refinanciem os débitos com o governo. Flamengo e Internacional estão entre os times que mais vão pagar com o parcelamento: cerca de R$ 1 milhão por mês cada um. Por enquanto, porém, nenhum clube aderiu à MP.

Sem essa. Apesar da forte pressão da CBF para que a MP seja remodelada com menos contrapartidas, Otavio Leite afirma que as condições para o refinanciamento das dívidas fiscais não podem ser retiradas do texto. “As contrapartidas, para mim, são fundamentais. A MP não pode perdê-las”, diz o relator.