Seu browser não suporta JavaScript!

04/11/2014 | PSDB na Câmara

“Novembro azul”: deputados apoiam movimento pela prevenção do câncer de próstata

Deputados do PSDB estão usando as redes sociais para chamar a atenção dos homens para a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A busca pela conscientização é o mote da mobilização conhecida como “Novembro azul”, iniciado logo após o encerramento do “Outubro Rosa”, voltado às mulheres.

Otavio Leite (RJ) é um dos que participam a divulgação da campanha. “Homens a partir dos 50 anos (ou 45, se houver casos na família) devem procurar um urologista anualmente para realizar os exames, que consistem no toque retal e no exame de sangue, para verificar o PSA (antígeno prostático específico). Havendo suspeita, é preciso fazer a biópsia da próstata para obter um diagnóstico preciso”, destacou o parlamentar em seu perfil no Facebook.

Conforme explica, as causas do câncer de próstata são desconhecidas. Embora apareça em homens com mais de 65 anos de idade, as chances de desenvolver a doença aumentam em até dez vezes se já tiver ocorrido algum caso na família. “É um tipo de câncer que demora a se manifestar, exigindo exames preventivos com frequência para não ser descoberto em estado avançado e potencialmente fatal”, reitera o parlamentar.

Em 2015, pelo segundo ano consecutivo, o prédio do Congresso Nacional será iluminado de azul, ao longo de todo o mês de novembro, a fim de chamar a atenção dos homens para a importância da prevenção.

A iluminação especial será inaugurada nesta segunda-feira (3), por volta das 19h, horário para o qual está previsto o fim da sessão solene em homenagem aos 26 anos do Dia Nacional de Combate ao Câncer – Saúde do Homem. A sessão ocorre no Plenário do Senado, às 17h.

No dia seguinte (04), a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara realiza o VII Fórum de Políticas Públicas e Saúde do Homem, das 14h às 18h, no plenário 7.

Originário da Austrália, o Movimento Novembro Azul é uma campanha de combate ao câncer de próstata da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), em parceria com o Instituto Lado a Lado pela Vida e com o apoio da Frente Parlamentar de Atenção Integral à Saúde do Homem.