Seu browser não suporta JavaScript!

17/09/2009 | Jornal do Commercio

O PAC empacou

"Um estelionato político" é como o líder da minoria no Congresso, deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), classifica o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que, segundo afirma, "empacou". Falando à coluna, disse que os dados mostram que, em 2009, apenas 10% do programa foram gastos. "Enquanto isso, a publicidade paga e os discursos do governo exaltam um programa que não saiu do papel. Isso representa uma fraude, pois se apregoa algo que não se consolida", afirmou, destacando que caberia ao governo vir a público informar que, por determinadas razões, o programa não está conseguindo cumprir, nem de longe, as metas traçadas. De acordo com Leite, os valores alardeados como sendo do PAC incluem gastos de empresas privadas. "A democracia pressupõe transparência e sinceridade. Um presidente tem de ter coragem cívica de admitir que não conseguiu cumprir suas metas, seja por dificuldades de administração ou outro problema. O PAC está cada vez mais precário, mas a publicidade oficial sobre ele vai de vento em popa", ironizou.