Seu browser não suporta JavaScript!

13/08/2012 | Jornal O Globo on line

‘A Olimpíada é uma conquista do Rio e não dele’, diz Otavio Leite

Por Renato Onofre

RIO — O candidato do PSDB à prefeitura do Rio, Otavio Leite, acusa o prefeito e candidato à reeleição, Eduardo Paes (PMDB) de “se apoderar dos Jogos Olímpicos” para a promoção pessoal nesta eleição. O tucano declarou nesta segunda-feira que a agenda programa pelo prefeito para marcar o início da jornada olímpica o Brasil configura abuso do poder político e uso da máquina pública. Os advogados do PSDB entram, ainda nesta segunda, com uma representação contra o prefeito no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A assessoria da Prefeitura do Rio informou que a delegação trazendo o símbolo olímpico chega no fim da tarde desta segunda-feira. O prefeito, acompanhado de alguns atletas, concede entrevista coletiva no aeroporto internacional e apresenta a bandeira olímpica que ficará na guarda do município do Rio até a cerimônia de encerramento dos Jogos do Rio 2016. Está previsto ainda, na quarta-feira, uma carreata pela cidade e o hasteamento da bandeira no Complexo do Alemão e na Zona Oeste. Há possibilidade que ela seja conduzida em carro aberto pelo próprio prefeito.

Através da assessoria do Ministério Público Federal, o procurador-geral eleitoral Maurício da Rocha Ribeiro informou que é “prematuro” avaliar o caso, mas que “em princípio” não haveria violação da legislação eleitoral já que o evento marcado se trataria de um ato de promoção da cidade e não do candidato. Sobre os eventos marcados em outras áreas da cidade, o procurador informou que é preciso aguardar os fatos para avaliar o caso.

— A olimpíada é uma conquista do Rio e não dele. Uma coisa é chegar com a bandeira como um representante do Rio, outra é fazer oba-oba. Carreta olímpica não pode. Vamos entrar com uma representação ainda hoje — anunciou Otavio Leite.

Depois dos eventos agendados, a bandeira olímpica ficará em exposição no Palácio da Cidade, sede oficial do Executivo. A campanha do prefeito Eduardo Paes ainda não se manifestou sobre a representação.