Seu browser não suporta JavaScript!

11/08/2012 | Jornal O Globo on line

Otavio Leite adia visita a Rio das Pedras para ir à missa de juíza

RIO - O candidato à prefeitura do Rio, Otavio Leite (PSDB), adiou a caminhada que faria na manhã de hoje na favela de Rio das Pedras, em Jacarepaguá, para ir à missa de um ano da morte da juíza da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, Patrícia Acioli. Por ser colega de turma de Patrícia no curso de direiro, Otávio cancelou a agenda para participar da homenagem à magistrada.

A missa foi realizada a pedido do Tribunal de Justiça do estado e celebrada pelo bispo auxiliar do Rio de Janeiro, Dom Edson de Castro Homem, às 11h, na Catedral Metropolitana, no Centro. Patrícia foi assassinada com 21 tiros na noite do dia 11 de agosto do ano passado, quando chegava em casa, em Piratininga, bairro nobre de Niterói. Ela ingressou na magistratura do Rio em 14 de dezembro de 1992 e atuou em diversos processos em que os réus, policiais militares, estavam envolvidos em supostos autos de resistência.

Segundo a assessoria do candidato, outro motivo para o cancelamento da agenda de Rio das Pedras é que Otávio está com conjuntivite viral no olho direito. Na missa, ele usa um tapa olho por recomendação médica.

A assessoria do candidato confirmou que Otávio, às 17h30, fará corpo a corpo na Feira do Rio Comprido e, às19h30, participa de evento sobre os 80 anos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), na Avenida Rodrigues Alves, 10, armazém 2, no Píer Mauá.