Seu browser não suporta JavaScript!

27/08/2012 | Ascom Otavio Leite

Otavio Leite mostra terreno onde construirá a primeira faculdade de medicina da Zona Oeste

O candidato à prefeitura do Rio pelo PSDB, Otavio Leite, esteve na manhã de hoje (27), em Santa Cruz, conversando com moradores da região sobre sua proposta de implantar a primeira faculdade de ciências médicas na Zona Oeste da cidade. Durante o corpo a corpo, muitos moradores e comerciantes reclamaram dos serviços de saúde no bairro.

Segundo o mototaxista Marcelo Pacheco Barreto, 38 anos, “a prefeitura deveria pensar em um corredor expresso para motociclistas, pois ouvi dizer que em São Paulo existe. Podiam fazer isso aqui em Santa Cruz.” Ele também quis falar do problema da saúde no bairro: “O Pedro II não tem médico. De que adianta um hospital sem ninguém para no atender?”, questionou. Para a moradora Cecília Helena Noronha Camargo, 48 anos, o trânsito e a saúde são problemas graves: “Eu não sei o que fizeram, mas mudaram o trânsito daqui para pior, está horrível. O hospital não tem médico e aí nos mandam para a UPA, e às vezes nos atendem, outras não. Já a UPA de Sepetiba nunca tem médicos. Temos que ficar peregrinando até conseguir atendimento,” afirmou.

Outro que reclamou do atendimento foi o comerciante Claudio Faleiro, de 40 anos: “O atendimento no Pedro II é muito precário. A pediatria nunca tem médico, e quando tem o atendimento demora muito”, queixou-se. De acordo com a também comerciante Zeny Santana Correa, de 61 anos, o hospital passou por uma reforma e está muito bem equipado e bonito. No entanto, como ela afirma: “Existem os aparelhos para exames e as instalações estão boas, só que não têm médicos e nem profissionais para manusear os aparelhos. Soube que eles são terceirizados e ainda estão com os salários atrasados,” denunciou.

Para Otavio Leite, a ideia de integrar a rede de saúde municipal, passando a se tornar rede municipal de saúde e ensino está cada vez mais consolidada. Ele aproveitou para mostrar o terreno, que fica ao lado do Hospital Pedro II e que, no seu governo, vai ser incorporado ao hospital, onde será construída a primeira faculdade de ciências médicas da Zona Oeste. “ Este processo vai melhorar a qualidade do atendimento e aumentar o fluxo de médicos e profissionais de saúde na região, afirmou Leite.

Fotos: Marcelo de Mattos