Seu browser não suporta JavaScript!

09/08/2012 | Jornal O Globo on line

Otavio Leite promete incentivos fiscais para pequenas empresas

Por Luiz Gustavo Schmitt

Ao apresentar seu plano de governo nesta quinta-feira durante encontro na Associação Comercial do Rio de Janeiro, o candidato à Prefeitura do Rio, Otavio Leite (PSDB) prometeu conceder incentivos fiscais para micro e pequenas empresas, além de isentar as novas do pagamento do super simples nos dois primeiros anos.

O candidato, no entanto, não informou o impacto e valor dos incentivos que poderiam ser concedidos pelo município.

— Não sei quanto ainda. É preciso fazer um estudo — disse ao GLOBO.

Leite também afirmou que vai criar núcleos do município em cada região da cidade para estimular a criação das pequenas empresas.

— Serão incubadoras de empresas que vão identificar as necessidades da economia de cada região. A prefeitura vai ajudar a formalizar as empresas e vai dialogar com a Caixa Econômica Federal para facilitar as linhas de crédito — disse o candidato.

O candidato voltou a afirmar que, caso seja eleito, irá abrir concurso público para a contratação de dois mil professores. Ao ser questionado sobre o impacto das contratações no orçamento do município, Leite disse que a conta seria paga com a redução dos gastos de publicidade do município.

— Teremos duas professores por sala de aula. Custaria só R$ 40 milhões. Só de despesas de publicidade, a Prefeitura do Rio gastou R$ 160 milhões em quatro anos — disse.

O candidato também disse que irá abrir uma licitação para baixar os juros dos empréstimos consignados dos servidores da prefeitura:

— Ganhará a licitação o banco que puder oferecer o menor juros para quitar dívidas pretéritas. Hoje, as empresas se cadastram na prefeitura para oferecerem empréstimos que possam reter até 30% dos salários dos servidores — concluiu o candidato.