Seu browser não suporta JavaScript!

14/08/2012 | Revista Veja on line

Otavio Leite vai a São Paulo buscar conselhos de FHC

Otavio Leite vai a São Paulo buscar conselhos de FHC

Por Cecília Ritto

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso já afirmou que não será cabo eleitoral de candidatos na campanha deste ano e que tentará manter certa distância do pleito. A atuação de FHC, apesar de discreta, não será nula. Ele dará, na tarde de quarta-feira, uma espécie de consultoria ao candidato do PSDB à prefeitura do Rio, o deputado federal Otávio leite. Segundo o concorrente tucano ao Palácio da Cidade, o objetivo do encontro, em São Paulo, será apresentar seu programa de governo a Fernando Henrique e conseguir algumas dicas.

“Será uma assessoria e, ao mesmo tempo, uma conversa íntima partidária. Vou falar sobre programa de governo e discurso político. Vou lá para me inspirar”, afirma Otávio, que estará com FHC durante cerca de 40 minutos. O ex-presidente não quer aparecer no programa eleitoral de televisão, mas é sabido que Otávio deseja a participação dele em algum ato de campanha no Rio.

“O alto tucanato virá à cidade”, diz Otávio, que tem 4% das intenções de voto segundo o instituto DataFolha. O deputado prefere não falar sobre as agendas acompanhadas pelos caciques do PSDB e nem da aparição deles no seu programa eleitoral de televisão de quase três minutos e meio.

Apesar de tentar esconder o jogo, algumas pistas foram deixadas no passado. Há um ano, quando Otávio completou 50 anos de idade, houve uma comemoração em uma casa noturna na Lapa, no centro do Rio. Tucanos como o governador Geraldo Alckmin, José Serra e o presidente nacional do partido, o deputado federal Sérgio Guerra, compareceram. Na ocasião, foram gravados depoimentos em prol de Otávio, quando tentava ser o candidato do PSDB à prefeitura do Rio, em uma disputa interna travada com a vereadora Andrea Gouveia Vieira. Não é descartada a possibilidade de os vídeos serem aproveitados na campanha televisiva.

FHC não esteve na festa e as chances de aparecer na TV são remotas. A cartada final para convencer o ex-presidente a participar da campanha será em São Paulo, com a ida de Otávio e um provável pedido de ajuda.