Seu browser não suporta JavaScript!

12/06/2013 | Portal do PSDB na Câmara

Parlamentares querem debater aplicação de políticas de transparência

Parlamentares querem debater aplicação de políticas de transparência

Por Artur Filho

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara aprovou nesta quarta-feira (12) requerimento dos deputados Vanderlei Macris (SP) e Otavio Leite (RJ) para debater o modelo de Maturidade em Transparência Organizacional e o Selo de Transparência, ou seja, a aplicação das políticas de transparência em órgãos públicos e empresas privadas.

Foram convidados para a audiência pública a representante da Unirio, professora Cláudia Cappelli, e o representante da PUC-RJ, professor Júlio do Prado Leite. Os tucanos querem saber dos convidados como o Modelo de Maturidade em Transparência, que está sendo formatado nas duas universidades, pode aferir o grau de transparência em que se encontra uma organização e como essa prática pode melhorar a adoção e a visibilidade nos órgãos públicos.

Macris e Leite afirmam que o conceito de transparência parece ser simples, mas requer métodos que possibilitem estabelecê-lo de forma eficiente e sistemática nas organizações. Eles acreditam que, com a aplicação do conceito de transparência nos órgãos do governo, haverá um grande progresso.

Segundo os parlamentares, a partir da implantação do modelo será possível aferir o quanto uma instituição governamental é transparente. Os deputados lembram que a criação do Modelo de Maturidade em Transparência Organizacional e o Selo de Transparência advêm da Lei de Acesso à Informação, a exemplo da implantação da Carta de Serviços ao Cidadão, que tornou a ferramenta obrigatória ao governo federal para prestar atendimento direto ao público.