Seu browser não suporta JavaScript!

03/06/2009 | Diário Tucano

PEC de Otavio Leite proíbe a privatização da Petrobras

O líder da Minoria no Congresso Nacional, deputado Otavio Leite (RJ), começou a coletar ontem assinaturas de apoio à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de sua autoria que impede a privatização da Petrobras. À noite, o tucano já tinha obtido 225 apoios. Para uma PEC começar a tramitar, é preciso colher no mínimo 171 assinaturas.

DEFENDER A ESTATAL

A proposta acrescenta uma parágrafo ao artigo 177 da Carta Magna, que trata dos monopólios da União. O dispositivo proposto pelo deputado determina o controle exclusivo da Petrobras pelo governo. “Esse controle é fundamental, ao mesmo tempo em que é necessário o funcionamento eficaz e austero da estatal”, disse Leite.

Segundo ele, a iniciativa deixa evidente à sociedade a posição contrária à privatização, além da defesa dos interesses nacionais e da Petrobras. “É preciso acabar com essa brincadeira do PT de tentar atribuir aos tucanos essa mentira de que o PSDB quer privatizar a estatal. Considero fundamental eliminar essa tentativa de denegrir a imagem dos tucanos”, apontou.

Esses ataques petistas voltaram à tona em maio, quando a oposição obteve apoios suficientes no Senado para instalar a CPI da Petrobras, que tem como objetivo investigar denúncias de irregularidades na estatal. Apesar de os tucanos terem defendido desde o início uma investigação séria e responsável, o PT e seus aliados tentaram passar à sociedade a ideia de que o PSDB defendia a venda da empresa equeria prejudicar a estatal. O líder da Minoria no Congresso tem convicção de que a sua proposta representa um passo importante na luta em defesa dos interesses do povo brasileiro.