Seu browser não suporta JavaScript!

19/10/2011 | Blog da Bancada do PSDB na Câmara e no Senado

Por solicitação de tucanos, comissão fará audiência para discutir Lei Geral da Copa

Por Laize Andrade

A comissão especial responsável pela análise do projeto da Lei Geral da Copa de 2014 (PL 2330/11) convidou para audiência o ministro do Esporte, Orlando Silva, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter. Ainda não há data nem confirmação da reunião, proposta pelos deputados Otavio Leite (RJ) e Rui Palmeira (AL).

A aprovação do requerimento foi a primeira iniciativa aprovada pelo colegiado, que discute o texto encaminhado pelo governo federal ao Congresso. Existe a possibilidade de Blatter ser substituído pelo secretário-geral, Jérôme Valcke. Ao final dos trabalhos, a comissão apresentará relatório sobre o projeto, propondo mudanças ou mantendo o texto original.

Os parlamentares tentam buscar solução para o conjunto de exigências da Fifa para a realização da competição no Brasil, como o veto à meia-entrada para idosos e estudantes – contestada pela entidade – e proibição de venda de bebida nos estádios. A lei inclui ainda normas que delegam à instituição a definição do valor dos ingressos e permitem a proteção das marcas de patrocinadores no país.

A audiência, na visão de Leite, é “fundamental” para as negociações entre o governo e as entidades. “Entendemos ser urgente e necessário o debate com a presença das autoridades mencionadas, com a compreensão de que a realização desses campeonatos mundiais trata-se de uma oportunidade para o desenvolvimento do Brasil”, justifica.

O projeto aborda ainda assuntos relacionados à Copa das Confederações de 2013, que antecede o evento principal, em 2014. Pelo cronograma aprovado, o texto deve ser votado até 15 de dezembro na comissão. A partir daí, ele segue para votação no plenário da Câmara e, posteriormente, para análise do Senado.