Seu browser não suporta JavaScript!

26/06/2003 | Folha Online

Portadores de HIV conquistam passe livre nos ônibus do Rio

Portadores de HIV conquistaram a partir de hoje o benefício do passe livre nos ônibus do Rio de Janeiro. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município e auxilia pessoas que necessitam de tratamento contínuo e que encontram dificuldade para se locomover até um posto de saúde ou hospital.

A medida também servirá com incentivo para que os portadores da doença continuem a desenvolver outras atividades que os mantenham integrados à sociedade.

Já tinham direito à gratuidade os estudantes do primeiro e segundo graus da rede pública, maiores de 65 anos e portadores de deficiência física, auditiva, visual e mental.

A decisão atende uma emenda à lei 3167/2000, de autoria do então vereador, Otavio Leite (PSDB). Uma representação foi apresentada pela procuradora Gláucia Santana, do Ministério Público Estadua, para garantir o cumprimento da lei.