Seu browser não suporta JavaScript!

17/09/2004 | Jornal O Dia

Prateado

Pode-se falar mal dos projetos, do programa de TV, mas ai de quem toca num fio de cabelos dos políticos. Assim como Otavio Leite, Chico Alencar reagiu indignado, e com humor, quando a coluna insinuou que poderia ter tingido as madeixas. “Foi como um ataque às minhas pobres ‘torres’ éticas sua referência a mim na coluna de 11 de setembro”, escreveu. Jura que o tom azulado foi defeito da minha TV (Zona) e jamais pintará de anil os cabelos, que considera um “galardão” (recompensa). E ainda mandou “beijo vetusto”. Nem precisava tanto.