Seu browser não suporta JavaScript!

25/03/2009 | Jornal de Turismo

Presidente da Câmara demonstra atenção especial ao turismo

Em mais uma ação voltada para estreitar ainda mais a relação do trade turístico nacional com o Poder Legislativo e colocar em pauta importantes pleitos do setor, a Abav (Associação Brasileira das Agências de Viagens) promoveu nesta quarta-feira, em Brasília um café da manhã que reuniu representantes do turismo e parlamentares com o presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP).

No encontro, Temer declarou que turismo brasileiro contará com o apoio total da Câmara dos Deputados para atender os pleitos do setor e que a Casa está ciente da importância do turismo para a economia do País. “O setor de turismo encontrará abrigo na Câmara para suas reivindicações, já que os deputados têm bastante interesse pelo assunto. Vamos trabalhar, na medida do possível, para vencer as resistências”, afirmou

O deputado se mostrou impressionado com o prestígio dado pelos parlamentares ao encontro e ao próprio setor de turismo. A reunião, realizada no Brasília Alvorada Hotel, é mais um sinal do afinamento entre a iniciativa privada, o parlamento e o Poder Executivo em prol do desenvolvimento do setor e do fortalecimento da legislação da atividade turística no País.

Além de Michel Temer, estiveram presentes à reunião o presidente da CTD (Comissão de Turismo e Desporto), deputado Afonso Hamm (PP-RS), os deputados Otavio Leite (PSDB-RJ) e Marcelo Teixeira (PR-CE), além do secretário nacional de políticas do Ministério do Turismo, Aírton Pereira e representantes de entidades do setor, como Álvaro Bezerra de Melo, presidente da ABIH Nacional e Cláudio Magnavita, presidente da Abrajet.

Pleitos

De acordo com o presidente da Abav Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira a contribuição do parlamento para o turismo tem sido significativa nos últimos anos, como na composição do orçamento do MTur, formado em grande parte por emendas parlamentares e no processo de elaboração e sanção da LGT (Lei Geral do Turismo), em setembro de 2008.

Entretanto, Kaká lembrou que é preciso mais empenho e articulação, especialmente na tentativa de derrubar os vetos do presidente Lula ao texto da lei, que segundo ele, foram prejudiciais aos agentes de viagens. Para ele, é preciso unir esforços para o crescimento do turismo e o fortalecimento da legislação no País.

“É preciso rever a questão da responsabilidade objetiva dos agentes de viagens, que são intermediários e não fornecedores. A regulamentação da atividade dos agentes é muito importante”, ressaltou.

Outros antigos e urgentes pleitos foram levantados pelos parlamentares e integrantes do trade presentes, como a classificação do receptivo turístico internacional como atividade exportadora e a flexibilização dos vistos para entrada de estrangeiros no País.

Segundo o deputado Otavio Leite, a questão dos vistos pode ser determinante para o aumento no número de turistas estrangeiros que visitam o Brasil. “No caso da flexibilização dos vistos para os Estados Unidos, a mudança pode significar até a duplicação do número de americanos que visitam o País”, destaca. Em 2008, mais de cinco milhões de turistas estrangeiros visitaram os destinos brasileiros.

Compromisso

O presidente da CTD, deputado Afonso Hamm atestou o compromisso da Câmara e da comissão de ouvir, debater e buscar soluções para os entraves do setor, além de preparar o Brasil para o evento mais importante, a Copa do Mundo de 2014. “Pretendemos seguir nosso trabalho e estabelecer uma agenda positiva para resolver os problemas e impulsionar os aspectos positivos do turismo. A presença do presidente da Casa, dando prioridade ao setor em sua agenda, é sinal desses objetivos”, completa.