Seu browser não suporta JavaScript!

09/05/2012 | Agência Câmara

Presidente da Embratur critica preços cobrados por hotéis no Rio

O presidente da Embratur, Flávio Dino, criticou há pouco a postura dos hotéis da cidade do Rio de Janeiro, que, segundo ele, estão praticando preços abusivos. O deputado Valadares Filho (PSB-SE) informou o dirigente que a comitiva do Parlamento europeu cancelou a vinda à conferência Rio 20 em virtude dos alto custos de hospedagem. Dino considerou o fato gravíssimo e relatou que há três meses se reuniu com representantes do setor hoteleiro carioca para evitar a elevação dos preços por conta dos grandes eventos que serão sediados na cidade. "Sugiro que seja promovida uma audiência publica aqui na Câmara com o setor hoteleiro do Rio. Não temos poderes coercitivos sobre a hotelaria", esclareceu.

O deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) defendeu que mais hotéis sejam construídos no Rio de Janeiro. "Não vejo o governo procurar grandes redes internacionais que ainda não estão no Brasil", lamentou.

Orçamento

Com relação ao orçamento da Embratur, Dino reivindicou um aumento de cerca de 50% nos recursos da empresa para o ano que vem . Atualmente, as verbas somam R$ 200 milhões. "Seria um incremento razoável e pode ser feito por emenda de comissão", disse.

A audiência pública da Comissão de Turismo e Desporto sobre os planos da Embratur já foi encerrada.