Seu browser não suporta JavaScript!

01/06/2004 | Jornal O Globo

PSDB escolhe vice de Cesar em prévia

O PSDB do Rio vai realizar prévias no dia 13 para escolher o candidato a vice na chapa do prefeito Cesar Maia (PFL), que disputará a reeleição. Como não houve consenso entre os três pré-candidatos tucanos — o deputado federal Ronaldo Cezar Coelho e os deputados estaduais Luiz Paulo Corrêa da Rocha e Otavio Leite — a executiva municipal optou por fazer uma consulta interna antes de indicar um nome ao PFL.

— Preferia uma solução mais rápida, mas não dava para realizar a convenção sem consenso — admite o presidente de honra do PSDB, o ex-governador Marcello Alencar.

Partido fará encontro para apresentar pré-candidatos

Nas prévias, poderão participar cerca de 300 convencionais, entre vereadores, integrantes das executivas municipal e estadual e os demais filiados. O voto, porém, não será obrigatório. No dia 7, haverá um encontro de apresentação dos três pré-candidatos. Desde que a deputada federal Denise Frossard desistiu de disputar a Prefeitura do Rio — após saber que o PSDB negociava com Cesar Maia — há uma discussão interna sobre quem será o indicado.

Nos bastidores, Marcello trabalhava por Luiz Paulo. Já o prefeito demonstrava preferência por Ronaldo. Chegou-se até a especular na indicação de um quarto nome, o do ex-senador Artur da Távola, mas ele avisou que só concordaria se houvesse consenso. Como isso não ocorreu, será candidato a vereador. Com as prévias, o favoritismo passa para Otávio, que, segundo estimativas de tucanos, teria cerca de 80% dos votos.

Os três pré-candidatos se comprometeram a aceitar o resultado da consulta.

— É uma solução democrática, porque aliança pressupõe somar forças e não poderíamos chegar divididos à convenção — diz Otávio.

— Neste momento, a aliança é bastante positiva, tanto para o PSDB quanto para o PFL. Estamos construindo juntos um projeto de governo e uma proposta para 2006 — acrescenta Luiz Paulo.

— Sempre defendi essa aliança e acho importante que o partido saiba o que cada pré-candidato propõe e por que reivindica a indicação — completa Ronaldo.

PV fecha acordo e formaliza apoio a Cesar Maia

O PV formalizou ontem seu apoio à reeleição do prefeito. Cesar e dirigentes municipais do PV, entre eles o secretário municipal de Urbanismo, Alfredo Sirkis, assinaram um acordo de parceria, condicionado ao cumprimento de metas propostas pelos verdes. O prefeito também se comprometeu a fortalecer as candidaturas do PV à Câmara dos Vereadores.

O presidente da executiva municipal do PV, Roberto Rocco, disse que o partido está de olho na influência de Cesar na campanha para a Câmara:

— A presença de Cesar ao lado de nossos candidatos será significativa para os dois lados.

— O PV é importante porque tem uma expressão temática que vai além de sua expressão eleitoral — disse Cesar.

O PV travou nos últimos anos uma disputa entre o grupo ligado a Cesar, como Sirkis, e o grupo do ex-governador Anthony Garotinho, como o deputado estadual André Correia. Corrêa chegou a ser secretário estadual de Meio Ambiente. Hoje, está no PPS e também é pré-candidato a prefeito.