Seu browser não suporta JavaScript!

01/03/2007 | Congresso em foco

PSDB pressiona Chinaglia por instalação de CPI

O líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Carlos Pannunzio (SP), e o vice-líder da minoria, deputado Otavio Leite (PSDB-RJ), devem se reunir hoje (1°) com o presidente da Casa, Arlindo Chinaglia (PT-SP), para negociar a imediata criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Apagão Aéreo.

Leite é, ao lado de Vanderlei Macris (PSDB-SP), um dos autores do requerimento que pediu a instalação da CPI para investigar as causas, as conseqüências e os responsáveis pela crise do sistema de tráfego aéreo brasileiro

Ontem Chinaglia afirmou que não criará obstáculos para a instalação da CPI. O requerimento recebeu 211 assinaturas, 40 a mais do que o exigido pelo regimento da Câmara.

Para Macris, o número demonstra a vontade dos parlamentares de realizar uma profunda investigação. ´Os deputados entendem que há necessidade de um aprofundamento da investigação para saber as causas, as responsabilidades e, mais do que isso, apontar soluções e caminhos para essa que, sem dúvida nenhuma, é uma das questões mais importantes hoje´.

Assinaram o pedido deputados de 16 partidos: PSDB, PCdoB, PDT, PV, PT, PFL, PMDB, PMN, PP, PPS, PR, PSB, Psol, PTB, PTC e PH.