Seu browser não suporta JavaScript!

18/10/2011 | Blog da Bancada do PSDB na Câmara e no Senado

PSDB quer ouvir personagens ligados a denúncias no Esporte

Além dos delatores do suposto esquema de corrupção no Ministério do Esporte, o PSDB quer ouvir na Câmara esclarecimentos de outros personagens com suspeita de envolvimento. Os pedidos foram encaminhados nesta terça-feira às comissões de Turismo e Desporto (CTD) e de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) e têm como base reportagens veiculadas no fim de semana pela revista “Veja” e pelo “Fantástico”.

Na CFFC, são dois os requerimentos. Assinado pelo líder Duarte Nogueira (SP), o primeiro solicita a vinda de dois funcionários do ministério – Waldemir Emanuel Pereira Rangel (assessor especial de Controle Interno) e Wadson Nathaniel Ribeiro (secretário Nacional de Esporte Educacional). Também é chamado Fredo Ebling, atual servidor da Liderança do PCdoB na Câmara e acusado por um dos delatores de ser o encarregado a indicar a quem, quando e onde entregar dinheiro desviado.

O segundo requerimento foi apresentado na CFFC e também na CTD, na qual o 1º vice-líder da bancada, Otavio Leite (RJ), também é o responsável pelo pedido. Os tucanos querem as presenças de Karina Valéria Rodrigues, gerente da ONG Pra Frente Brasil; de Reinaldo Morandi, sócio da RNC; e também do PM João Dias Ferreira e de Célio Soares Pereira, delatores do suposto esquema envolvendo o ministro Orlando Silva. Segundo o programa dominical da TV Globo, a ONG é suspeita de usar empresas de fachada para desviar dinheiro público do Segundo Tempo, sendo que a RNC seria uma delas.